Hospital Militar

Page 10 of 11 Previous  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Next

View previous topic View next topic Go down

Hospital Militar

Post by Ryou Hayashi on Tue Jan 03, 2017 4:16 pm

First topic message reminder :

Sem sombra de dúvida o melhor Hospital de Camlann River. O único problema do lugar, além da necessidade de ser militar ou ter parentesco com um para conseguir atendimento, é que todos os procedimentos são bem rígidos e mesmo os médicos parecem sempre ter uma sombra de cansaço em seu semblante. Apesar disso tudo, possuem atendimento 24 horas.
Possui acesso para a base militar.

-> Base Militar
-> Principal
avatar
Ryou Hayashi

Posts : 924
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
0/0  (0/0)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/0  (0/0)

Back to top Go down


Re: Hospital Militar

Post by Administrador on Fri Apr 28, 2017 10:31 pm

The member 'Origin's Word Creator' has done the following action : Lançar dados


#1 '20' : 16

--------------------------------

#2 '8' : 1
avatar
Administrador
Ultimate One

Posts : 854
Join date : 2016-12-20

Ficha
Hp:
1/1  (1/1)
St:
1/1  (1/1)
MC:
1/1  (1/1)

http://steigen.forumotion.com

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Origin's Word Creator on Fri Apr 28, 2017 10:32 pm

*sigh* faltou o resto da cura.
avatar
Origin's Word Creator

Posts : 562
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
140/140  (140/140)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/280  (0/280)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Administrador on Fri Apr 28, 2017 10:32 pm

The member 'Origin's Word Creator' has done the following action : Lançar dados


'8' : 3, 5, 2, 4, 6, 1
avatar
Administrador
Ultimate One

Posts : 854
Join date : 2016-12-20

Ficha
Hp:
1/1  (1/1)
St:
1/1  (1/1)
MC:
1/1  (1/1)

http://steigen.forumotion.com

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Baldhur Fried on Sat Apr 29, 2017 12:13 am

Uma presença extremamente poderosa havia chegado naquele local, não era exatamente de Brandon, e sim da poderosa demônio que habita no corpo do rapaz. 

- Chega. 




Sua forma invisível acabou indo ''embora'', seu corpo estava sendo materializado naquele momento, aparentava estar em cima de um poste que estava todo escangalhado. 

- Shariz, seu psicológico está mais fodido que o cu de uma prostituta de favela. Você deve descansar, isso acabou, esse homem todo ensanguentado é aquele que acabou com seu clã, sua vingança já foi feita. 

Deu um pulo, ficando no meio do estádio da luta, olhando para ambos os oponentes que estavam se enfrentando, abrindo os braços e fazendo um olhar tedioso por trás de sua máscara. 

- Dante, seu pai quer te ver, e Shariz você pertence a Leode. Essa guerra já acabou, você não é mais um escravo dela, a partir de hoje poderá escolher o futuro que quiseres. Vamos acabar com essa luta, creio que não será necessário eu ter que usar pelo no peito para dar um fim nisso daqui. 

Continuou com sua expressão fria e calma. Uma aura monstruosa ainda começava a ser evacuada por todo aquele local. 

- Chega dessa luta, tá um saco, e Shariz, se você o matar ele poderá voltar a vida. Então isso tudo é uma perda de tempo, vamos embora dessa merda. Dante, temos que ir até o seu pai também, afinal por incrível que pareça ele está muito preocupado contigo. 

Fez um sinal para Dante indicando que o estava ajudando também, afinal ele não iria sobreviver contra o rúnico nem ferrando. 





_______________________________________________________
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by BLAZE on Sat Apr 29, 2017 1:14 am

*Agora como um ser gigantesco tomado por chamas vermelhas, Dante percebeu que havia errado seu golpe contra Shariz e acabou soltando um suspiro que deixou parte de suas chamas escaparem de sua boca, realmente estava frustrado com aquilo embora ver as asas do Arabe caindo lhe traziam certo agrado*

-Você pula como um macaco, por acaso tem descendência africana? -Questionou  e ergueu sua foice que agora era enorme, agora consigo haviam quatro mortos-vivos pronto para ajuda-lo no que fosse preciso sendo 2 Iruma e Subaru e os outros dois Beatrice e Lupus, ao menos era o que parecia, todos tomados por auras roxas necromanticas.

-VOCÊ PODE FUGIR DE UM GOLPE, MAS É DE SEIS? HÃ? HEIN? -Acabou mantendo a mão para o alto e ao ouvir o dito para que parasse junto aquela sensação ele acabou olhando para o lado e vendo aquela garota por trás de suas roupas graças ao Pure Eyes.

-Essa garota... -Sua voz demoniaca escapa, ele realmente parecia um demonio gigante que estava ali pronto para esmagar o arabe.


-O que? -Voltou o olhar para baixo e via Brandon, ou quase, afinal, seu olhar não via mais o plano fisico devido o uso da origem de Reed e sim ele via apenas o plano "espiritual" com os olhos fechados, ou seja, ele reconheceu a demonia por seus traços de poder ja familiares para si.

-Um... Lobo? -Vendo o "espirito" do mascarado ele notava que tal assim como seu pai parecia ser inumano, era como se a alma tivesse forma lupina e não humanoide e por isso ele estreitou os grandiosos olhos vermelhos.

-Brandon... Ou deveria chama-lo de "Nii-sama"? -A voz grossa e profana ecoava por todo o campo e bem, percebendo que não havia muito o que fazer ele dava um passo para trás e devido o tamanho o chão todo tremia um pouco.

-Eu imagino, aquele velho apesar de maluco realmente tem apego pelas criaturinhas deles, pois bem, já que é você dizendo para eu parar, eu paro, fazer oque, porém... -Apontou a foice para a demonia de forma sutil, não estava a ameaçando nem nada.

-Eu quero o whats dessa gata que vive te seguindo, na boa, me apresenta para ela? Prometo tentar ser legal e bem... Você é alquimista igual meu pai certo? Você poderia consertar meu pure eyes? O Reed fodeu com eles com aquela origem de merda, e falando em origem, ela é bem boa, ele daria um otimo corpo, mas... Bem, ele ta em um estado de merda e ainda respirando, ele precisaria estar morto, então... Tu poderia criar um homunculo a partir dele e esse homunculo herdar a origem já que você é todo fodalhudo nessa arte de alquimia? O Pai ia ficar bem feliz. -Abaixou a arma e ficou ali parado olhando para baixo vendo Shariz e Brandon como se eles fossem espiritos, era algo bem similar a visão do Demolidor no filme. 
avatar
BLAZE

Posts : 265
Join date : 2017-01-14

Ficha
Hp:
60/60  (60/60)
St:
99999/99999  (99999/99999)
MC:
160/160  (160/160)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Origin's Word Creator on Sat Apr 29, 2017 2:13 am

. . . Esta sensação novamente . . . Saber . . .



O vazio que sentiu em seu corpo momentaneamente enquanto estava ao ar foi muito maior do que antes: É como se, de alguma forma, estivesse se fragmentando cada vez mais ao ponto de perder certas características de sua mente e alma. Na visão do Pure Eyes de Dante, ele podia perceber que havia uma estranha aura escarlate que se espalhava cada vez mais pelo corpo do árabe enquanto o mesmo continuava a se aproximar até ele sem demonstrar nenhum tipo de medo . . .  Ou até mesmo um rancor, mesmo tendo presenciado uma cena da qual o tiraria do sério de uma vez só.

. . . Ainda não acabou. Eu ainda estou ouvindo a respiração dele. - Na realidade estava se referindo ao Reed, que estava totalmente derrotado no chão e certamente pode finalmente ter uma visão clara da pessoa ao qual destruiu sua origem. Nisso continuou falando para o seu companheiro que surgiu ali para interferir nos eventos enquanto continuava a se aproximar sem hesitar até o corpo do assassino de seu povo que, por sinal, estava atrás do homunculus que estava enfrentando até agora pouco.- Enquanto ele continuar respirando, isso nunca vai acabar . . . Só existe um meio de terminar isso tudo.

( Não sei o tamanho exato do Dante até agora, mas caso ele ainda seja Monstrão gigante tamanho de prédios de 40m, desconsidere a parte em negrito. ) Nisso, que ele finalmente estava próximo a besta, ele o empurrava para um dos lados para que saísse de seu caminho e em um único golpe acabou arrancando a cabeça de Reed que estava atirado no chão. Em seguida, com uma de suas mãos, começava a disparar diversas runas explosivas por todo o corpo dele até que o ''desaparece-se'' completamente até mesmo com os restos de sangue sob o solo - Criando até mesmo uma cratera devido ao numero de disparos excessivos e de maneira descontrolada-.
No meio deste processo, a lamina de sua espada acabou pulverizando por não conseguir resistir a tamanha quantidade de magia rúnica exercida em seu metal assim como um de seus braços que estava com os circuitos mágicos praticamente estourados, e de certa forma . . . Não conseguia expressar de maneira alguma a satisfação que sentia: E muito menos parecia se incomodar com tamanha dor que percorria por todo o seu corpo que se tornava tremulo em questão de segundos. Seu estado no fim era patético . . . Pois acabou se deixando consumir pelos únicos sentimentos e memorias que restava em sua alma: Raiva e Angustia.

. . . Agora está acabado . . . - Nisso, carregava o seu ''troféu'' com uma de suas mãos e se dirigia até a saída totalmente destruída daquele lugar quase que mancando de exaustão e totalmente coberto de feridas, sangue e queimaduras graves que estavam por todo o seu corpo: Afinal de contas, por mais que o que Brandon havia dito era a mais pura ironia sobre o seu estado mental, uma parte muito importante do árabe havia morrido ali com o desaparecimento da Saber após a sua morte . . . Mas o que era exatamente, ele nunca soube dizer ou descobrir o que era no fim.- . . . E matar essa besta não me traria nenhum beneficio ou satisfação no fim: A existência dele por si só é patética e triste. Ele pode um dia ganhar uma alma ou qualquer sentimento que possa se dizer realistico: Mas jamais será um humano de verdade . . . É só um boneco de carne e osso sem valor assim como todos os outros de sua laia. ELES NUNCA SABERÃO O QUE É SER UM HUMANO DE VERDADE POIS ELES SÃO APENAS MERDAS DE ARMAS CRIADAS EM LABORATÓRIOS ! NUNCA ! - Berrou naquele momento enquanto parou de caminhar até a saída e se virou para o rapaz por um momento e utilizou suas ultimas forças para estourar aquela cabeça em milhões de pedaços com mais uma runa enquanto começava a extravasar sua raiva.- MINHA SITUAÇÃO MUDOU PORRA NENHUMA NO FINAL: NADA VAI MUDAR. NO FIM APENAS PROLONGUEI MAIS UMA VEZ O INEVITÁVEL . . . E FUI INCAPAZ DE PROTEGER UM ÚNICO CIVIL DAQUI . . . E MAIS UMA VEZ SE REPETIU ''AQUELE'' DIA ! ENTÃO ME DIZ BRANDON: QUE MERDA DE FUTURO EU POSSO TER SE TUDO QUE ME AGUARDA É VER MAIS INOCENTES MASSACRADOS E NÃO PODER FAZER NADA PARA AJUDA-LOS NO FINAL !? Não há salvação ou redenção para ninguém no fim . . . E é ingenuidade de minha parte continuar acreditando que uma mudança de vida poderia me tornar menos insignificante . . . 
avatar
Origin's Word Creator

Posts : 562
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
140/140  (140/140)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/280  (0/280)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Baldhur Fried on Sat Apr 29, 2017 2:44 am

Brandon deixou com que sua demônio respondesse o garoto louco, não tinha culhões para aguentar aquele tipo de fala em pleno conflito que estavam a ter. 

- Sua tentativa de ser engraçado me cativa, é uma pena que mesmo com uma aparência grotesca você ainda seja um homúnculo. Para que meu humano possa transferir você a um corpo de origem, ti teria que precisar de uma alma primeiro, pois homúnculos não podem controlar uma origem sem possuir uma alma. Então no seu caso você precisaria de uma alma, terás que ir em uma busca de algum mestre em magia espiritual para que ocorra uma transferência. 

Brandon apenas fez um gesto de agradecimento para sua demônio, em seguida ela apenas ficou sobrevoando nas costas do rapaz enquanto abraçava, pressionando seus seios contra as costas do mesmo e dando risadinhas para o provocar.




- Enfim Dante, foi exatamente oque ela falou, o mínimo que eu posso fazer é transferir o seu núcleo de consciência a um corpo humano, não exatamente humano e sim um corpo de vampiro. Seria como reencarnar.

Depois disso viu Shariz entrar em um estado de fúria, um enorme sorriso se abriu entre a dupla quando viu ele fazer aquele ato contra o Redence, começou a bater palmas e alargar um belo sorriso. 

- Finalmente ele está morto! Bravo, bravo! 

Depois acabou sendo calado pelo dialogo do homem, fez questão de ouvir atenciosamente para que o possa responder perfeitamente.


- Shariz, se você vai ficar reclamando sobre sua vida então eu recomendo que você se mate, há várias maneiras de se matar e em uma de minhas encarnações eu já tive que me enforcar por um bem maior. Você é um homem, um mago forte, molde o seu novo futuro se você acha que perdeu tudo que tinha de bom, recomece a sua vida. 

Apontou para os céus, com um tom sério.

- As oportunidades são maiores que o céu, então se você quer evitar derramamento de sangue dos inocentes então torne-se mais forte. Você foi escolhido para o graal, tu tá em uma guerra, é óbvio que você verá inocentes morrerem pois uma guerra não há vencedor. Ela está prestes a acabar, logo tudo isso de ruim que você presenciou irá sumir. Basta você recomeçar a sua vida igual como os líderes da Leode fizeram, todos eles tiveram devastações em suas vidas que dariam motivo ao suicídio, mas todos eles se ergueram e treinaram para se tornarem grandes pessoas ao ponto de ganharem o título de líder. 

Pegou em seu celular em seguida, fazendo um olhar afiado para Shariz.

- É o seguinte, eu posso providenciar qualquer coisa pra você, então eu posso mudar o rumo da sua vida agora mesmo. O que você deseja Shariz? Continuar nessa cidade em busca de motivos para a vida enquanto se supera para se tornar capaz de proteger a todos, ou recomeçar a sua vida com uma nova identidade bem longe daqui para esquecer de seu passado? Eu lido com hipnose, uma sessão e faço todas essas memórias desativarem de sua mente.

Depois disso, ele estalou os dedos, voltando ao Dante.

- Dante, seu pai está a sua espera e aparentemente muito preocupado. Então recomendo ir logo, irei um pouco depois pois tenho que resolver os problemas do árabe. Sobre seu pure-eyes, deixe comigo. E bem, parece que o corpo dele já era pra tu.

Suas duas mãos começaram a brilhar intensamente com um tom branco, ele focalizou todo aquele poder na ponta de seus dedos indicadores, em seguida colocou ambos dos dedos em cada olho.


- Tal cegueira não é plena, a ilusão que a corrompe. 

Então todo o defeito do mystic eyes do garoto foi resolvido, como um passe de mágica, em seguida se sentou enquanto apreciava o sumisso do Reed no planeta terra.


_______________________________________________________
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Houko Choi on Sat Apr 29, 2017 3:04 am

*Dante erguia sua cabeça e aos poucos as chamas que formavam aquele corpo iam o consumindo e diminuindo seu tamanho para que ele enfim se tornasse em sua forma atual e original que estava bem...Ferrada. De roupas rasgadas e visivelmente surrado, Dante estava acompanhado daquele mesmo monstro, sim, era como se ele tivesse se tornado dois, a forma humana e a forma demoniaca, ambas no mesmo lugar*

-Infelizmente eu só tenho almas para vender! -O olhar se voltou para Shariz mesmo de olhos fechados, aquela aura escarlate que ele emanava fazia parecer que sua alma estava banhada em sangue, o que era ironico. De primeira ele não reconheceu Reed devido sua energia estar baixa, mas com a comemoração de Brandon, é, parecia que ja era.

-Puta merda! Vocês realmente mataram o cara! Porra, la se vai meu presente de dia dos pais. -Voltou então a atenção para a conversa que estava tendo ali e depois de tudo acabou tendo sua visão recuperada, então abriu os olhos que acabavam deixando escapar seu brilho vermelho.


-Agora sim... -O sorriso se abriu e ele acabou levando ambas as mãos a nuca curvou o corpo um pouco para trás.

-Sabe, eu ainda acho que isso está longe de acabar, ainda falta o mestre da Shielder e eu duvido que os lideres deixem o Pai quieto, sabe, eu sei que é pedir, mas, vocês poderiam me ceder suas partes das armaduras? Eu prometo devolver elas, Shariz, não se te serve de consolo, mas você lembra não é mesmo? Meu pai não é mal e ele te tratou como um filho quando esteve naquela vila, porém, ele assim como você perdeu tudo, ele apenas se uniu ao Reed para usa-lo e depois mata-lo ele mesmo, Brandon sabe e por isso não ficou puto com ele, então eu acho que caso você queira talvez recomeçar, o primeiro passo seria com o seu irmão de povo, de "clã", a quem diga pai, enfim, vocês no fim nunca foram inimigos de verdade e se você quiser surtar dizendo que não vai ajudar ou se envolver com um genocida, pense de novo e olhe para si mesmo, muito desse sangue no seu corpo não é seu, não seja hipocrita, sua vida não acabou, pelo contrário, você renasceu e agora tem sua escolha entre continuar indo pelo mundo ou como o Brandon disse, unir-se a familia, afinal, estando com Brandon e com Houko, você é basicamente um Lucius também, vamos, o que você tem a perder? 
avatar
Houko Choi
Gwyn-llys
Gwyn-llys

Posts : 504
Join date : 2017-01-07

Ficha
Hp:
160/160  (160/160)
St:
0/0  (0/0)
MC:
1820/1820  (1820/1820)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Ryou Hayashi on Sat Apr 29, 2017 11:28 am

Rubra lentamente desaparecia também, uma vez que a condição que o Servo passaria a viver ele não teria como invoca-la novamente.

"Existem algumas coisas que deve saber, servo. Eu sou o prêmio dessa guerra, mas, diferente do que acreditam, meu poder depende da própria humanidade. Vocês, espiritos heróicos, são capazes de encarnar para esses momentos de conflito para representar os humanos por mim escolhidos... Mas, sua natureza real não se distância da memória da própria humanidade do que a natureza verdadeira de uma alma." A voz continuou falando em ambas as vozes masculinas e femininas. "Você, ao encarnar, não vai refletir uma existência passada por mais que suas memórias reflitam isso: você vai ter sua própria alma... Nesse mundo existe um homem que atende pelo nome de Ryou Hayashi, mas sua existência é superior ao que ele transparecesse. Ele irá lhe dar o auxílio para se adaptar no mundo Material."

_______________________________________________________
avatar
Ryou Hayashi

Posts : 924
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
0/0  (0/0)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/0  (0/0)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Ryou Hayashi on Sat Apr 29, 2017 1:04 pm

Enquanto aquele combate terminava, nas sombras, a figura de um homem espreitava. Com um sorriso nos lábios, ele se aproximou, aplaudindo.

- Bravo! Bravo! Fazia centenas de anos que eu não presenciava tamanha cena...

O homem se conteve, olhando brevemente para Shariz. Seus olhos verelhos brilhavam no meio da noite e havia ma espécie de aura de perigo o circulando. Dando um riso baixo, retirou os óculos que estava usando até agora.

- Redence merecia isso, não vou negar. Era um ser humano detestável... Ah... Ahmed também está morto... Acho que iria ter se interessado em saber que ele também foi um dos culpados pelo ataque ao seu clã. - Riu consigo mesmo, colocando as mãos nos bolsos e olhou para Brandon. - E o culpado pela violação da sua esposa. Diretamente. Engraçado como vocês humanos são... Redence pode ter sido o traidor, mas, ele não foi o agente direto que causou toda essa desgraça... Bem, pelo menos naquele dia não foi. Ahmed tinha sido... Mas bem, do que adianta chorar pelo leite derramado, não é mesmo?

Deu de ombros e suspirou, inclinando a cabeça para o lado.

- Eu sou Anselm... Tinha vindo apenas para ver como minha cria, Victorique, estava indo, e também para ver que tipo de entretenimento Redence iria me prover. Gostaria de ter estado aqui desde o começo de tudo... Mas que tristeza... Ah, não se preocupe, não vou interromper vocês e peço gentilmente para que não sejam agressivos comigo, não estou com vontade de lutar. Apenas precisava me manifestar um pouco... Parece que todo mundo esqueceu que eu estava aqui, mas não culpo eles... Foi coisa minha também.

O estranho riu baixo consigo mesmo.


_______________________________________________________
avatar
Ryou Hayashi

Posts : 924
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
0/0  (0/0)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/0  (0/0)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Edgar Poem on Sat Apr 29, 2017 6:13 pm

Fechava os punhos com força enquanto sentia que tudo que possuía esvaia de suas mãos, tudo isso por culpa do graal todo esse sofrimento por culpa desse maldito graal e agora seria seu protetor? Irritado? Muito mais que isso tudo que ele possuía na mente era forma de destruir o mesmo, porém agora era apenas um humano, não tinha mais tanto poder, voltava ao seu estado inicial, apenas desespero... Ele silenciosamente aceitava sua nova posição...

"Me diga para onde eu vou? E por favor, me chame de Reaver." Reaver se levantava e se dirigia para a saída do hospital, nesses momentos de desespero um novo objetivo lhe veio a mente, um objetivo ao qual ele dedicaria toda sua nova vida humana. Ele aparentava deixar tudo o que aconteceu para trás.
avatar
Edgar Poem

Posts : 248
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
110/110  (110/110)
St:
0/0  (0/0)
MC:
10/420  (10/420)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Origin's Word Creator on Sat Apr 29, 2017 8:09 pm

A resposta de Brandon certamente o deixou mais irritado naquele momento e obviamente deixou transparecer em seu rosto aquela irritação: Mas ele tinha um ponto . . . Porque não havia dado um fim em tudo ? Essa questão já havia sido feita uma vez ha algumas semanas atrás e isso fez com que o árabe se tornasse pensativo naquele instante sobre a proposta de Brandon . . . Apesar de que, antes que pudesse responder, foi interrompido por Dante que já havia retornado a forma normal e não estava tão diferente do árabe em questão de danos e queimaduras.

 . . . Não. Eu sou um membro da Leode, e Brandon é meu aliado por pertencer a mesma organização ao qual ele mesmo me indicou . . . Quando encontrar Houko novamente, diga que Shariz esta morto - Que você o matou incinerado com uma granada, para ser exato.- e você não conseguiu recuperar os artefatos que ele carregava . . . E se faz tanta questão de entregar algo a ele - Nisso, ele arremessava o que havia sobrado da lamina destruída para que Dante pegasse.- Entregue isso a ele. Ele irá entender e provavelmente ficará irritado no fim . . . Mas é o preço a se pagar quando se mata alguém que uma pessoa ama não é mesmo ?

Em resposta sobre dar as peças da armadura de Mordred ( No caso, as ombreiras e soqueiras ), é tudo que teve a dizer naquele momento em um tom cansado e quase que exaustivo. Não gostava da forma que ele estava falando sobre companheirismo e todo tipo de maracutaia naquele momento . . . Estava decidido que abandonaria suas memorias e a capacidade de sentir qualquer afeto, mas não os tesouros daquele inferno de Mordred pelo qual quase foi morto na conclusão dos eventos. E novamente, antes que pudesse dar alguma resposta para Brandon aparecia uma nova figura naquele local que nunca havia visto antes . . . E até mesmo o estranhou por um momento.

. . . Victorique ? Então ela também está morta . . . - Entristeceu com aquele fato: Mesmo não a conhecendo bem, certamente aparentava ser uma boa pessoa.- E você algo sobre participação . . . Então havia mais pessoas ?
avatar
Origin's Word Creator

Posts : 562
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
140/140  (140/140)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/280  (0/280)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Baldhur Fried on Sat Apr 29, 2017 8:37 pm

O homem não demonstrou nenhuma expressão perante a conversa de Dante com o árabe, apenas queria que os dois se mandassem logo desse lugar, em breve uma de suas organizações iriam aparecer para averiguar e não seria bom ver os rapazes ali. 

- Essa guerra só fodeu a vida de muitos, isso é meio deprimente, mas não me interessa, mas é angustiante ver pessoas boas terem sido exiladas sem motivo nenhum. 

Acabou falando isso para sua demônio, mas ela não fez nada além de rir pois ela não se importava com os inocentes, obviamente. 

- Huh?

Notou uma presença perigosa, caminhou até ela até se deparar com aquele que aparentava ser orgulhoso, apenas deu uma risada sarcástica perante algumas palavras do homem. 

- ''Humanos''... Você é um daqueles vampirinhos? Então saiba que eu tenho quase um milésimo de anos, ou mais? Não sei, a idade média começou no século V, aparentemente serei mais velho caso seja um D.A. Não leve isso como uma falta de respeito caso você seja de uma raça superior, é que perdi a conta com o número de formigas que se achavam os mais fortes, sabe o engraçado? Todos morreram. 

Fez um olhar desinteressado, afinal um homem orgulhoso não ficava interessado em nada do que se tratasse de sua pessoa.

- Vamos parar com o orgulho, não sei quem matou esse Ahmed mas apenas poupou um dos meus trabalhos de baixa categoria. Quero saber de você, claramente eu não estou interessado em sua pessoa, mas para alguém aparecer assim do nada é algo repentino. E não precisamos resolver na agressividade, mas quero ver se você tem bom gosto para música, espero que curta um rap. 




Pegou seu celular e começou a tocar uma música para o mesmo ouvir.

- Temos uma coisa em comum, velhotes com aparência de pessoas novas, mas o gosto de música atual é muito bom não acha? 

Deixando a música rolar, o rapaz estalou os dedos, cujo nesse momento começou a emanar uma aura MUITO poderosa. 

- Estou cansado de ficar em pé, costume de ficar sentado dominando tudo aquilo que toco, então preciso me sentar. Liberte-o, Astrid.

A demônio de Brandon apenas fez um ato cujo apenas parecia tocar o chão com seus leves dedos. Nesse momento uma hidra de oito cabeças se manifestou do chão, sua aparência era grotesca e tenebrosa. Em seguida o Brandon apenas se sentou em uma das cabeças, fez um sinal para que o resto pudesse se sentar caso estivessem cansados. (Não é efeito interpretativo, eu realmente invoquei o bichão.) 




- Sentem em uma das cabeças, é bom conversar no céu, afinal esse velho pode tirar algumas dúvidas nossas, Shariz. Ei Anselm, você não se importa em conversar e sanar algumas dúvidas né? Tu pareceu bem simpático até agora. 

Astrid se sentou no colo do Brandon, cujo começou a acariciar e arranhar um pouco o seu rosto para o irritar em meio a aquela situação. 

- Agora não... 

Tentando disfarçar o constrangimento, ele apenas começou a fazer umas caretas. 


- Alguém peidou? 

Uma ótima tentativa para alguém que parecia estar tendo a sua paciência rompida por uma demônio. 

_______________________________________________________
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by BLAZE on Sat Apr 29, 2017 8:59 pm

*Dante permanecia ali observando aquele arabe que achava que poderia lhe citar o que deveria fazer enquanto o monstro de chamas que o seguia moveu sua lanterna fazendo surgir de mais dois espiritos que dessa vez eram aleatórios, não dava para saber quem eram totalizando então seis companheiros, sete se contar com aquele monstro em si*


-Não se preocupe senhor vampirão, não há por que eu ser agressivo com você e uma pena eu não ter conhecido sua filha, confesso que tenho certo fascinio por vocês, não que isso já não esteja bem claro ao olhar para minha cara. -Os aliados de Dante começavam a ir para frente rumando em direção a Shariz mesmo que devagar.

-Obrigado por não nos interromper e peço desculpas por te-lo ignorado, eu gostaria de saber mais sobre vocês vampiros, mas infelizmente eu tenho uma pequena pendencia a resolver, certo garotos? -O monstro flamejante e os zumbis então rugiram alto e isso fez o albino abrir seu sorriso mesmo estando naquele estado ligeiramente deploravel.


-Meu cabelo e meu corpo estão uma zona... Bem, nada e um bom banho e linhas de costura não resolvam! -Sorriu de forma mais larga, mas acabou parando tomando uma expressão meio que de "wtf" ao ouvir Brandon falando e olhou para trás o vendo e ouvindo falar, até mesmo começou a mover a cabeça curtindo aquela musica e quando a Hidra foi invocada ele tomou expressão de surpresa.

-Caralho cara, isso é muito foda, e bem, acho que não vou me sentar agora, eu realmente preciso das peças de armaduras, e sabe Brandon, você também tem uma das peças não é mesmo? Sabe, você ta ai todo fodão, poderia me dar suas botas? Sério, eu juro que devolvo, ou meu pai mesmo devolve, sabe, ele é seu tio, não iria te deixar na mão! Porém, bem... -Voltou o olhar para frente encarando o arabe com um sorriso fino e ligeiramente sadico.


-Eu realmente não queria usar os presentes daquela bichinha, mas você não me deixa escolha. -O albino então retirou seu manto que já estava aos farrapos e acabou revelando não apenas seu corpo malhado e cheio de costuras como também o cinto com cinco granadas sendo quatro iguais e apenas uma diferente e maior que as outras e junto a tudo isso havia uma especie de aparato em suas costas ao qual ele pegou e anexou a seu antebraço.

-Valeu Nerus, no fim você foi bem util, espero poder agradece-lo um dia. -O item redondo brilhou e a partir disso um enorme escudo se formou com base em funções tecnologicas e armado daquela proteção o rapaz ficava ali semi-nu atrás dela que possuia um sinal em Omega em seu centro.

-Vamos lá Shariz, podemos negociar essas roupas ai ou eu posso realizar seu relato e não mentir para meu pai, afinal, nunca mentimos um para o outro, certo Brandon? E bem chefão, eu sei que esse cara ai é seu amigo, mas eu realmente preciso dos itens que ele carrega, então espero que entenda, meu pai vai enfrentar uma caralhada de gente e precisa muito de toda a ajuda possivel, se não por mim, faça por ele, não nos atrapalhe ou tente convencer seu amigo idiota, mas até lá... -As criaturas de Dante formavam uma linha frente a Dante que se posicionava já se preparando para pegar uma de suas granadas com sua mão livre. 

-Ele é meu inimigo. -Ajustou então uma especie de "saco" cheio de faixas que estava também em seu cinto só que mais atrás, parecia que ele estava carregando algo consigo e já estava pronto para desprende-lo. 

Iniciativa com mod -5 em Shariz.
avatar
BLAZE

Posts : 265
Join date : 2017-01-14

Ficha
Hp:
60/60  (60/60)
St:
99999/99999  (99999/99999)
MC:
160/160  (160/160)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Administrador on Sat Apr 29, 2017 8:59 pm

The member 'Dante Crimson' has done the following action : Lançar dados


'20' : 1
avatar
Administrador
Ultimate One

Posts : 854
Join date : 2016-12-20

Ficha
Hp:
1/1  (1/1)
St:
1/1  (1/1)
MC:
1/1  (1/1)

http://steigen.forumotion.com

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Ryou Hayashi on Sat Apr 29, 2017 9:06 pm

Reaver:

"Ele irá te encontrar quando a hora chegar... Por agora, pode descansar..."

Reaver, lentamente, desaparecia.

-x-

Anselm:

O sorriso do homem rapidamente desaparecia conforme a expressão de tédio lhe tomava, até mesmo um desgosto se fez presente na sua face quando Brandon o chamou de Dead Apostle.

- Não me confunda com aqueles humanos que se perderam. Victorique está viva... E sim, havia mais pessoas. Mas, todos eles estão mortos agora, eu acho.

Não estava interessado naquilo. Virando de costas, simplesmente desapareceu no ar.

_______________________________________________________
avatar
Ryou Hayashi

Posts : 924
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
0/0  (0/0)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/0  (0/0)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Origin's Word Creator on Sat Apr 29, 2017 9:27 pm

Francamente . . . Eu já estou de saco cheio disto tudo: Qual é a porra do problema da sua ''família'' afinal de contas? Kaled agia da mesma maneira quando não ganhava o que queria e pelo visto o suposto filho mostrengo herdou a mesma atitude mimada. Não, não lhe darei estas ombreiras e soqueiras pois assim como você eu também as preciso mais do que nunca e sei que não irão me devolver no fim pois é assim que vocês trabalham Dante: Jogo de interesses, não é mesmo ? E sinceramente: Fique a vontade para me matar aqui e agora se quiser . . . Mas se certifique de que eu realmente estarei morto no fim ou vai acabar virando poeira rúnica exatamente como eu fiz com aquele canalha do Reed agora pouco.



Estava fardo de batalhas . . . Não suportava mais aquilo e queria finalmente poder seguir em frente, nisto acabou agindo de uma maneira bastante estranha que provavelmente surpreenderia a todos que estava ali naquele momento: Apenas sentou-se em qualquer destroço que estava por ali e aguardava a tão prometida ''morte'' que o demônio havia garantido caso não entregasse o item por bem. Não esperaria que Brandon fosse interferir naquele momento mais uma vez apesar de que também não revidaria contra Dante: Sua vida estaria nas mãos do destino naquele momento, e até mesmo finalmente expressou um sorriso no fim.

Ei Brandon . . . Se puder, apague minhas memorias . . . Já estou cansado de ficar me lembrando daquele dia . . . Quero poder seguir em frente sem peso na consciência . . .
avatar
Origin's Word Creator

Posts : 562
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
140/140  (140/140)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/280  (0/280)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Baldhur Fried on Sat Apr 29, 2017 9:48 pm

Não demonstrou reação após o vampiro insignificante sair, apenas se manteve focado naquele momento deprimente, até que viu o árabe literalmente se entregar a morte. 

- Mano, tu tá louco ou eu tô louco? Não acredito que estou vendo isso. 

Deu um tapinha na cabeça da hydra para que ela o levasse ao chão, caminhou até os dois, novamente. Andou lentamente até Shariz e retirou os itens mágicos que o garoto havia ganho na luta contra o Mordred.

- Toma essa porra aqui Dante, toma minha bota também, corre pro cemitério.

Retirou suas botas e deu para o cabeludo. Em seguida pegou no braço do Shariz e o levantou. Fez um olhar afiado, mas suspirou fundo.


- Para isso teremos que fazer uma sessão de hipnose, vamos voltar para a nossa base, se acalmar, ai eu faço essa sessão contigo para você se esquecer de tudo e voltar quem você era no começo da guerra. 

Astrid cessou a Hydra, ela não era mais necessária já que o camarote se rompeu. 

- Cada um pro seu canto. Estou me segurando pra não abaixar as minhas calças e mostrar a verdadeira cabeça de Hydra. 

Colocou as mãos em seus bolsos e começou a sair do local, indicando para Shariz o seguir.
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by BLAZE on Sat Apr 29, 2017 10:05 pm

*Permanecia ouvindo o que Shariz tinha a dizer enquanto ia desatando os "nós" de sua bagagem extra e quando ela estava livre de boa parte das faixas ele a jogava para cima e puxava seu tecido revelando a mala negra que seguia para o alto girando*

-Pois muito bem, e não se preocupe! -A mala abria e de dentro dela algo "estourava" e então um imenso manto negro caia sobre o albino que se mantinha sorrindo e depois daquele momento aquela mesma cortina escura que havia o escondido por alguns segundos era puxada expondo novamente o escudo que foi lançado para trás -mantendo-se fixo ao braço do albino- e expunha em seu lugar uma grandiosa minigun de prata.

-Vou me certificar de não sobrar nada! -Ele agora estava vestido novamente com aquelas suas vestes goticas de sempre e mantinha o sorriso largo enquanto armado com aquele item.


-Só não entendo o por que aceita morrer e não simplesmente entrega os itens, mas tudo bem! E sim, é tudo interesse pois todos são assim, todos estão em busca em algo que sane o interesse seja amor, seja raiva, SEJA APENAS PRAZER! -Os mortos então avançaram para o lado e aquela criatura flamejante saltava para trás caindo atrás do albino que apertava o gatilho de sua arma a fazendo começar a girar.

-E não, meu pai tentaria te fazer dormir e conversar com você, já eu... -A arma então acabou sendo apontada para o outro lado deixando alguns tiros escaparem e nisso ele parou, por pouco não acertou Brandon junto.

-Cacete... -Logo em seguida teve então os itens jogados para si e voltou o olhar para o chão, e com a ordem dada pelo sobrinho de seu pai ele acabou seguindo até os itens e os pegou após guardar os próprios.

-Valeu Brandon! Você é o cara! Estou indo e ve se se cuida, o pai também se preocupa com você! -Os todos os itens finalmente reunidos ele seguiu correndo até o cemitério, estranhamente ele estava muito mais veloz do que deveria e seus "minions" o seguiam rumo o lugar dito pelo outro. 
avatar
BLAZE

Posts : 265
Join date : 2017-01-14

Ficha
Hp:
60/60  (60/60)
St:
99999/99999  (99999/99999)
MC:
160/160  (160/160)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Ryou Hayashi on Sat Apr 29, 2017 10:13 pm

Ouvindo o que Shariz havia mencionado, apesar de Anselm ter "desaparecido" ele ainda estava ali nas sombras.

Um sorriso se formou nos seus lábios, estreitando os olhos.

Uma manifestação de um poder consideravelmente grande foi sentida, assim como Shariz sentiu uma violenta dor de cabeça. Lentamente, memórias iam sendo sugadas de sua mente... O dia que aconteceu tudo aquilo no deserto foi apagado... Mas, não somente isso foi modificado...

Alguns rostos se tornavam escuros, distantes, vozes sumiam lentamente. O contato com os servos... Reaver... Émilie...  Guerreiro... Lucca... Diversas dessas pessoas ficavam borradas em sua mente, até mesmo os momentos intimos que o rapaz teve com Lucca foram apagados - somente aqueles que realmente foram tocantes conseguiram permanecer.

Era como se, ao invés de tudo aquilo ter acontecido naquele mês, tivessem ocorridos dezenas de anos... Uma memória distante cujo sugou os sentimentos mais intensos, deixando apenas uma sauve e gentil memória desses encontros.

_______________________________________________________
avatar
Ryou Hayashi

Posts : 924
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
0/0  (0/0)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/0  (0/0)

Back to top Go down

Re: Hospital Militar

Post by Sponsored content


Sponsored content


Back to top Go down

Page 10 of 11 Previous  1, 2, 3 ... , 9, 10, 11  Next

View previous topic View next topic Back to top

- Similar topics

 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum