Lanchonetezinha

View previous topic View next topic Go down

Lanchonetezinha

Post by Ryou Hayashi on Tue Jan 03, 2017 3:15 pm

Um lugar simplório, mas muito visitado por sua praticidade. Lanches rápidos e leves, preparados pela família que administra o local. Seu horário de funcionamento é somente durante o dia.

-> Principal
avatar
Ryou Hayashi

Posts : 924
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
0/0  (0/0)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/0  (0/0)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Gael Donnet on Mon Jan 16, 2017 8:48 pm

Todo o percurso que percorria tratava a garota com certo humor, pois desviava de carros e ao frear a moto era muito em cima da hora fazendo então o pneu deslizar algumas vezes. Porém ao chegar na frente da lanchonete, o moreno sorri pois também deslizou o pneu na frente do local fazendo assim a traseira da moto, o local onde Beatrice estava sentada, fazer um leve circulo deixando uma marca preta no chão e fazendo o cheiro de pneu queimado subir junto a fumaça que fazia. - Bom... Chegamos.
O moreno então sorrindo retira o capacete e o apoia no retrovisor da moto, esperava que ela descesse do veículo para que ele fizesse o mesmo logo após.

_______________________________________________________
Win or Die.
avatar
Gael Donnet
Seikishidan
Seikishidan

Posts : 768
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
300/300  (300/300)
St:
9/10  (9/10)
MC:
210/320  (210/320)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Beatrice B. Lucius on Mon Jan 16, 2017 9:00 pm

Com aquele passeio, descobriu um novo ódio. Motos. Até então nunca tinha subido em uma e depois daquilo nunca mais subiria. Depois de quase sentir seu coração fugir pela boca diversas vezes, ela só teve que suportar a última brincadeira, mas pra isso teve que agarrar o moreno.


 Você sabe como tratar uma garota.

Seu tom não era irônico ou debochado, mas apenas cansado. Tinha passado por tanta coisa que não estava se importando com muita coisa. Ela então desceu e abraçou o próprio corpo numa tentativa falha de se esquentar. Ela olhou ao redor, observando o local. Não era um restaurante de luxo, mas estava aliviada por não ter que manter uma aparência elegante ou uma atitude que não condizia com seu humor naquele momento. Conseguiu até mesmo sorrir coma ideia de estar afastada daquela confusão. Até sentir seu bolso vibrar e ler a mensagem de Subaru. Seus lábios curvaram para baixo enquanto ela digitava a resposta, para depois voltar a se abraçar e olhar para Lupus, o esperando.
avatar
Beatrice B. Lucius

Posts : 337
Join date : 2017-01-07

Ficha
Hp:
220/220  (220/220)
St:
12/12  (12/12)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Gael Donnet on Mon Jan 16, 2017 9:06 pm

Riu com o comentário da menina, realmente fez por merecer algo que soou como irônico nas palavras e não na forma que foi dito, ao ver ela descendo da moto, o moreno desceu em seguida. O local parecia ser aconchegante e até um pouco elegante pelo que diziam, ouviu falar muito bem do local em diversas noites de trabalho e por isso resolveu leva-la ali. Ao notar que ela parecia estar com frio, o moreno retirou o blazer a qual estava vestindo e colocou sobre os ombros da ruiva, seu olhar dourado estava focado no jeito que ela parecia querer se esquentar.

Não esta acostumada com baixa temperatura, certo? Esta tudo bem, pode ficar com isso, eu estou acostumado, pra mim esta um clima de praia. ー Ele riu com a própria brincadeira enquanto guardava a chave no fundo do bolso da calça, em passos lentos tomou a frente e adentrou a lanchonete, esperando-a para escolher uma mesa. Sei que não é os restaurantes de luxo que os Lucius estão acostumados, mas tem comida, tem mesa e parece ter uma musica muito boa tocando, serve?

_______________________________________________________
Win or Die.
avatar
Gael Donnet
Seikishidan
Seikishidan

Posts : 768
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
300/300  (300/300)
St:
9/10  (9/10)
MC:
210/320  (210/320)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Beatrice B. Lucius on Mon Jan 16, 2017 9:18 pm

Com uma risada baixa, ela sentiu o peso finalmente saindo de suas costas. Ele parecia ser mais simpático do que ela se lembrava, então resolveu se esforçar para ao menos fazer o mesmo. Ela passou o braço na jaqueta, que obviamente ficou enorme, mas como estava quente ela nem mesmo se importou.


 Meu corpo é um pouco frágil, então sou sensível com a temperatura.

Até ouvir o nome daquela família. Nem mesmo conseguiu evitar, foi automático justamente por estar confortável, ela se segurava até mesmo na frente de Subaru, mas como foi pega desprevenida, acabou demonstrando o que realmente sentia.


 Por favor aquela família está arruinada, se eu não tivesse partido pra frente dos negócios eles estariam falidos não somente em dinheiro, mas em questões magicas também. Esse lugar é mais digno do que qualquer um daquela família já foi.

Quando percebeu que estava sendo mais azeda do que deveria, ela levou a mão até a boca e fechou os olhos. Aquele lado dela nem ela mesma conhecia, o que era algo realmente perigoso.
avatar
Beatrice B. Lucius

Posts : 337
Join date : 2017-01-07

Ficha
Hp:
220/220  (220/220)
St:
12/12  (12/12)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Gael Donnet on Mon Jan 16, 2017 9:26 pm

Enquanto ouvia ela falar sobre ser propensa a certas temperaturas climáticas, o moreno sentiu um chamado, seu corpo realmente parecia querer mover-se para aquele lugar de imediato era quase que uma imã, deu um passo em direção ao local que lhe chamava, mas notou que não podia deixa-la ali sem ao menos uma explicação, quando focou no rosto da ruiva para falar sobre aquilo, ouviu as palavras sobre a família, o sorriso se formou nos lábios de Lupus que arregalava os olhos e batia palmas.

Uau... Realmente você é bem marrenta, e pelo que disse é a salvação daquela família... Acho que você é a melhor coisa daquela família então.


Sorriu enquanto se aproximava da moto novamente, subindo na tal e assim esperando ela, seu olhar dourado alternava entre estar focado na garota quando ela falava para lhe dar toda a atenção e em direção ao tal chamado que sentia. Perdoe-me se for rude, mas eu estou... Eu estou sentindo uma energia muito forte vindo da minha casa, pode por favor vir comigo? Não é educado deixar uma dama em um lugar desconhecido como esse, mas se não for nada, eu pago o jantar... ー Ele sorriu enquanto tentava disfarçar sua preocupação com aquele certo sinal. ー Espero que não seja nada... Lucia esta sozinha... Se ela estiver ferida eu me sentirei culpado.
avatar
Gael Donnet
Seikishidan
Seikishidan

Posts : 768
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
300/300  (300/300)
St:
9/10  (9/10)
MC:
210/320  (210/320)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Beatrice B. Lucius on Mon Jan 16, 2017 9:36 pm

Normalmente ela seria severamente repreendida se saísse do papel de boa garota supereducada e gentil. Por isso ver a reação de Lupus lhe arrancou risos, mesmo que estivessem abafados, afinal costumes de uma vida não eram deixados de lado tão facilmente. Então ela o viu subir novamente na moto, o que a deixou confusa, até ouvir o que ele disse. Ela apenas deu de ombros e subiu na moto, mas não antes de conferir se tinha alguma mensagem de Subaru. Nada.

 Seu dia de sorte, parece que estou livre por tempo indeterminado.
avatar
Beatrice B. Lucius

Posts : 337
Join date : 2017-01-07

Ficha
Hp:
220/220  (220/220)
St:
12/12  (12/12)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Gael Donnet on Mon Jan 16, 2017 9:40 pm

Então quer dizer que você é minha até seu namoradinho te chamar? Acho melhor aproveitarmos esse tempo então.  Ele riu com oque disse, ao invés de colocar o capacete novamente, ele o entregou para a garota pensando assim na proteção da mesma, após ela colocar o tal, o moreno saiu de moto do mesmo estilo que chegou, na velocidade absurda.
mdt;rua principal

_______________________________________________________
Win or Die.
avatar
Gael Donnet
Seikishidan
Seikishidan

Posts : 768
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
300/300  (300/300)
St:
9/10  (9/10)
MC:
210/320  (210/320)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Beatrice B. Lucius on Mon Jan 16, 2017 9:47 pm

 Ah! Esse é um equivoco que eu estava querendo corrigir faz um tempo. Não somos namorados, ele é um herdeiro e eu sirvo a família. Então.

Deu de ombros, colocando o capacete que lhe foi entregue e segurando na cintura dele, que não demorou muito e retornou para o jogo de tortura com a moto. Definitivamente não gostava de motos.


Mdt: Rua principal
avatar
Beatrice B. Lucius

Posts : 337
Join date : 2017-01-07

Ficha
Hp:
220/220  (220/220)
St:
12/12  (12/12)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Lanchonetezinha

Post by Sponsored content


Sponsored content


Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top


 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum