Pátio Principal

View previous topic View next topic Go down

Pátio Principal

Post by Ryou Hayashi on Sat Jun 24, 2017 8:31 am

Ao descer do elevador, você se vê diante de uma estrutura gigantesca que imita um prédio onde teria um pátio interno. Como se trata do segundo andar, dá para se ter uma visão inferior do pátio de vidro do primeiro andar, como também o andar abaixo do mesmo que acaba na grama do pátio de treinamento. Tem alguns bancos espalhados pelo local assim como latões de lixo.

Nesse andar pode se ter acesso ao refeitório, enfermaria e a cozinha.


Last edited by Ryou Hayashi on Fri Jun 30, 2017 9:48 pm; edited 2 times in total
avatar
Ryou Hayashi

Posts : 917
Join date : 2017-01-02

Ficha
Hp:
0/0  (0/0)
St:
0/0  (0/0)
MC:
0/0  (0/0)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Astrid on Sat Jun 24, 2017 7:21 pm

Estava cuidando do elevador para que simplesmente ninguém fugisse, notou a Drakain passando pelo pátio e mandou uma mensagem para Brandon através da mesma alma.

- Que drama... A humanidade já foi mais divertida.

Bufou, começou a flutuar brincando com os botões do elevador que estava desligado. 
avatar
Astrid

Posts : 4
Join date : 2017-06-12

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Baldhur Fried on Sat Jun 24, 2017 9:53 pm

Não tinha simplesmente respostas para os pontos que tinham sido ligados na sua cabeça, ele começou a caminhar como um zumbi. Sem reação, sem emoção, ele parecia uma pessoa sem traços humanos. 

_______________________________________________________
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Yuzura on Sat Jun 24, 2017 10:03 pm

- Meu deus do céu. 

Após rastrear o seu líder e amigo de infância, Yuzura não se manteve chocada com aquela situação em que o via. A mulher apenas bocejou e chegou perto do mesmo, dando um peteleco. 

- É por isso que a alquimia não queria te colocar em uma vida assim. Você voltou a ser um humano, e isso resultou na sua morte contra Eva. 

Pegou o seu telefone que parecia ser um puta dispositivo avançado do caralho, digitou algumas coisas para algumas pessoas.

- Baldhur, a humanidade é um erro que precisa ser concertado, e por isso nós aceitamos seguir com o plano de Houko Choi em relação ao eterno retorno. Você mais do que ninguém deveria saber disso, mas você se rendeu a humanidade. Você é o Baldhur, alquimistas dos alquimistas, o único que conseguia colocar ordem nos mundos. 

Retirou uma certa cápsula do bolso que estava com algumas pilulas dentro, pegou uma delas e colocou na boca do homem, e na mesma hora fechou a boca do mesmo para que ele não cuspisse. 

- Agora descanse.

Yuzura saiu de perto, depois disso sua presença sumiu. 


Last edited by Yuzura on Sat Jun 24, 2017 10:15 pm; edited 1 time in total
avatar
Yuzura

Posts : 2
Join date : 2017-06-12

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Baldhur Fried on Sat Jun 24, 2017 10:05 pm

Não conseguia ter reações além de escutar, fez uma expressão de nojo quando teve que tomar aquela pílula, e depois foi se rastejando até a parede para ficar descansando enquanto se livrara das visões que estavam vindo em sua mente. 

_______________________________________________________
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Astrid on Sat Jun 24, 2017 10:09 pm

- De fato, você se tornou patético se entregando a bondade.

Riu de forma debochada, e um cuspe na cara do mesmo. Depois disso ela voltou ao corpo do mesmo para descansar.
avatar
Astrid

Posts : 4
Join date : 2017-06-12

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Sig Drakain on Sun Jun 25, 2017 2:49 pm

Sig saiu após Houko e, logo viu Brandon ali deitado. Ajeitando o cabelo, acabou caminhando em direção do rapaz e se agachou na frente do mesmo, lhe estendeu a mão em seguida.

- Desculpe, eu estava mal e precisava de um tempo. Não queria te ferir... Sobre aquela proposta... Amigos?
avatar
Sig Drakain

Posts : 62
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
150/150  (150/150)
St:
4/4  (4/4)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Baldhur Fried on Sun Jun 25, 2017 3:09 pm

Brandon estava meio confuso sobre as coisas que estavam voltando a tona, e por isso ficou de olhos fechados, mas tomou um susto quando notou aquela aproximação de Sig.

- Sim, amigos. Mas eu preciso fazer uma coisa antes.

Na mesma hora ele rapidamente a abraçou, a apertando forte e colocando a sua cabeça sobre seu ombro.


- Eu sei que você quer enfiar uma faca na minha cabeça só por eu estar encostando em você, mas eu preciso falar contigo, não tenho mais mentiras para te contar.

Ele então se afastou um pouco, ele estava caindo um pouco em lágrimas e seu olhar estava demonstrando total sinceridade.

- Eu sei que você não vai me perdoar de jeito nenhum, aquela monstruosidade que eu fiz não tem nível algum, foi uma coisa totalmente desumana, algo fora dos limites da humanidade. Mas saiba que não foi a minha intenção, eu queria novos corpos sim, mas eu não sabia que eles poderiam ser devorados! Eu lhe prometo! Se você acha que eu estou fingindo, então assine!

Na mesma hora ele abriu a sua mala e tirou um papel de contrato mágico, começando a escrever as regras do contrato. Em seguida ele deu para ela.


Regras do Contrato - Brandon / Sig 
Se houver mentiras da parte do Brandon desses minutos da conversa, ele virará pó. 


- Eu me arrependo muito, eu estraguei a sua vida, eu fui o motivo da sua morte. Eu sei que é você, Aimee, eu notei isso quando vi sua reação com os pequenos, e da minha falsa ameaça lá no refeitório. Eu sinceramente queria voltar no tempo e modificar muitas coisas no qual eu me arrependo de ter feito com você. Eu não deveria ter colocado você no meu mundo, o mundo de Baldhur, conhecido como o mundo do alquimista louco.

Ele estava tremendo, mas em todo momento exalava sinceridade.

- Sei que nunca vai me desculpar, mas eu apenas precisava me encontrar com você para me desculpar. Desculpa por não ter te conhecido direito, por vacilar mesmo eu sendo a pessoa que você mais confiava e amava. Eu fiz uma promessa de a fazer feliz para todo sempre, e mesmo assim eu arregacei a sua humanidade. Eu sou um merda. 

Brandon então dava um soco forte na parede, que por um momento o solo chegou a tremer, e a parede estava com um grande buraco.

- Todos colocaram uma grande pressão sobre mim depois daquele dia. Inclusive a alquimia, minha mestra, me puniu. Me privou da vida eterna e essa será a minha última vida. Por mais que eu possa trocar de corpo, eu não sei se devo fazer isso. 

Depois disso ele voltou para a mala e pegou uma foto daquele dia, em que todos tiraram uma foto juntos. - O final da s1-. 

- Lembra desse dia? Você tinha ficado puta comigo a minutos atrás por eu não ter impedido a luta do Shariz contra o Shibaki.

Acabou dando uma risada, por mais que dessa vez as suas lágrimas se tornavam sangue. Aquilo eram lágrimas verdadeiras, e não as fingidas que ele costumava fazer.

- Nós tínhamos uma vida muito feliz, mas eu estraguei tudo por quase matar nossos filhos. É tudo culpa minha, você nunca foi culpada de nada. Mas saiba que depois daquilo eu me tornei uma pessoa melhor, eu não busco mais manipular pessoas e nem sou desesperado por poder. Embora meus objetivos sejam bem... Né? Meu coração continua impuro, eu sou uma pessoa má, mas há uma pessoa que me impede de ser assim, e com a sua volta eu estarei mais seguro de não ser mal novamente. Apenas quero que saiba que eu estou muito arrependido, e prometo a você que não vou encostar nos nossos filhos novamente por medo de que eu os machuque de novo. 

Ele começou a limpar as lágrimas com o lenço no bolso do seu terno, sua voz continuava chorosa.


_______________________________________________________
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Sig Drakain on Sun Jun 25, 2017 4:02 pm

O abraço foi uma surpresa consideravel, fazendo Sig arregalar os olhos com o gesto, e ainda mais com todas aquelas palavras, ficando em silêncio enquanto acabou por escutar tudo, quando Brandon terminou de falar, precisou respirar fundo.

-... Os Lucius me discriminavam por ser uma civil. - Acabou por falar. - Ainda mais por ser uma civil... E que e era tecnicamente a prima do seu pai. Ou seja, proxima do tronco. Durante minha vida inteira eu sofria com isso, e passei a odiar a magia. Mas... Lucian me defendeu. Eu me apaixonei por ele. Houko... Ele me ajudava a me recuperar. Era... Os dois eram os unicos que eu tinha na familia inteira.

Sorriu de canto em lembrar, levantando-se.

- Eu acredito em você. E não te odeio. Não afunde nisso. E... - Suspirou. - Essa não é sua ultima vida.

Deu um riso baixo, se virando de costas e indo pegar o elevador.

- Tenho que fazer uma coisa.
avatar
Sig Drakain

Posts : 62
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
150/150  (150/150)
St:
4/4  (4/4)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Baldhur Fried on Sun Jun 25, 2017 4:14 pm

- Eu queria ter reencarnado mais cedo pra eu poder cuidar de você também, embora eu sou colocado em vidas que possam fazer o futuro ser prejudicado, se essa não fosse a minha reencarnação e sim de outra pessoa, quer dizer que a pessoa que nascesse como Brandon iria fazer coisas horríveis a família ou ao mundo. E sobre essa não ser minha última vida, vai depender da minha vontade com a humanidade. Se ela continuar falhando, eu serei o técnico. Afinal, o eterno retorno será quebrado com minha ajuda ao meu tio, e assim finalmente o ciclo se quebrará.  

Suspirou fundo, viu que ela não precisou do contrato para acreditar nele e isso fez o rapaz ficar bem feliz. Então ele apenas guardou e pegou a sua mala. Assoviou para Astrid voltar para dentro do seu corpo pois não era mais necessário tampar a entrada.

- Eu também tenho que resolver umas coisas. Mas antes, gostaria de perguntar uma coisa.

Botou a mão no queixo e começou a olhar fixamente para a aparência de Sig, começando a se questionar algumas coisas.


- Por que você quis ser uma andrógina? Digo, você era uma mulher linda, e agora por mais que seja uma pessoa bonita não dá para distinguir o seu sexo. Não que beleza importe, mas a pergunta mesmo é porque você quis ser alguém ''sem sexo''.

Entrou no elevador junto, mas só para a acompanhar até cima, depois voltaria para essa camada.

- Ei, eu gostaria de organizar uma competição de piano. Você viria?  Ah e não se preocupe com uma coisa, não há mais discriminação na família, somos unidos como uma família de verdade. Você está convidada a voltar quando quiser.

Sorriu de forma honesta. 
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Sig Drakain on Sun Jun 25, 2017 4:44 pm

Soergueu uma das sobrancelhas e suspirou.

-... Essa forma é uma manifestação do meu psicologico quando... Aquilo aconteceu. Eu não gostei de ser mulher de fato, as duas melhores pessoas na minha vida foram homens, e... Me sinto melhor dessa forma.

Assim que chegou no primeiro andar, acenou para o rapaz.

- Uma coisa... Eu não fui morta para te atingir, mas para me proteger e conceder a chance de melhorar as coisas para o futuro. - Sorriu sutilmente. - Amigos.

E desceu do elevador.
avatar
Sig Drakain

Posts : 62
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
150/150  (150/150)
St:
4/4  (4/4)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Baldhur Fried on Sun Jun 25, 2017 4:55 pm

Ficou bolado por ela não ter demonstrado nenhuma consideração quando ela disse as duas melhores pessoas da vida dela, o rapaz pensou em Lucian e Houko. Fez um deboche com a boca pelo fato dela se demonstrar tão iludida mesmo tendo a chance de consertar tudo. 

- Ah, nossa.

Notou que tinha chegado no primeiro andar, acenou para a mesma de forma positiva e saiu do elevador mantendo distância da mesma.

- É mesmo? Sim, amigos.

Pensou que de fato todos acreditaram que o mesmo tinha sido atingido com o plano da assassina, chegou a rir um pouco de canto por ela pensar que uma morte poderia afetar o alquimista dos alquimistas, quando ele já perdeu muitas coisas além dela.


- Todos caindo em ilusões, a humanidade já foi mais inteligente. Agora eu entendo melhor o plano ala Messias. - Dizia isso para si. 

Colocou o fone de ouvido e foi para mais longe.


_______________________________________________________
avatar
Baldhur Fried
Leode
Leode

Posts : 460
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
180/180  (180/180)
St:
80/80  (80/80)
MC:
980/980  (980/980)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Sig Drakain on Mon Jul 10, 2017 1:03 am

Do lado de fora, Sig esticou sutilmente a coluna enquanto observava os arredores, averiguando que não havia nenhuma pessoa por perto para bisbilhota-la, Sig apenas procurou relaxar enquanto estava Houko, observando o circulo de magia que brilhava no vidro no centro do andar.

Assim que Houko chegasse, iria falar sem virar o rosto.

- E então?
avatar
Sig Drakain

Posts : 62
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
150/150  (150/150)
St:
4/4  (4/4)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Houko Choi on Mon Jul 10, 2017 1:20 am

*Caminhando junto a Sig, Houko seguia mexendo naquelas boas e velhas bugigangas que ele mesmo havia inventado, elas tinham um ar retro no exterior, mas quem visse seu interior ou até mesmo tela iriam notar que era algo bem mais avançado do que a época, tudo obviamente graças ao cruzamento de magia e tecnologia, todavia, mesmo sem acesso a ela no momento, ele conseguia se virar muito bem com seu cerebro, como sempre*


-Pera ai que to quase acabando meu sensor ultra poderoso de raio-x para poder ver através de suas roupas, pera ai, pera ai... -Nisso uma especie de onda de choque foi emitida e temporariamente as luzes do local piscaram, todo o acesso a cameras, microfones e afins havia sido perdido temporariamente.


-Pronto! E que bosta, se eu soubesse que o sistema da Clock era tão chato e as paredes são tão grossas eu teria pedido para Elisa trazer algo melhor, mas enfim, é isso o que tem para janta, temos alguns minutos [A escolha do narrador, isso será dito em turnos já que bem... Em tempo fica meio foda]. -Colocou o aparelho no bolso, ele iria demorar um bocado para ter carga novamente e poder ser usada, e havia um limite também, logo, não podia ficar usando a torto. 


-Me sinto em "Ver Cachorros", enfim, o que temos Sig? O que você descobriu sobre essa coisa toda? Suponho que o que inibi a magia seja a construção em si já que mesmo eu conheço magias ant-magias, isso lá existe? Se existir eu quero saber porque estou trabalhando avidamente para fazer algo assim e olha, ta bem difícil! -Ergueu os braços e fez sinal para demonstrar grandiosidade, o quão era difícil para ele fazer algo daquela escala.


-Enfim, Seiryuu deve estar se sentindo uma merda agora, ele decidiu passar um pequeno tempo com a Stella e depois aconteceu tudo aquilo com a Carmen em plena luz do dia, o criminoso realmente tem bolas, porque nossa, enfim, e nesse tempo que ele estava com a Stella ele poderia estar protegendo a Carmen, ele com certeza deve estar se culpando e se matando por isso por dentro, mas não o culpo, e porque estou te dizendo isso? Bem, parece que eu, bem... Sou um Choi mesmo, tipo, a familia Choi é uma familia magia, não bem uma familia, tipo, ta mais para um clã, ENFIM! E eu faço parte disso junto ao Seiryuu, como você já sabe eu sou bem vel... Classico, então o Seiryuu seria meio que meu tataraseiladascontas neto, ou seja, meu descente Choi, e ele tem uma irmã mais nova que é tipo, a cara e o focinho dele, e ela é uma agente dupla que trabalha junto a Blaze e um tal de Owen, Seiryuu viu os dois na reunião, e adivinha? Sim! Blaze também brotou aqui, mas fugiu com aquele gostinho de derrota para a Carmen e o Seiryuu, então assim, nos temos que achar ela e o Owen, devem ser eles os culpados... É, seria fácil se fosse só isso, mas infelizmente não! Afinal, mesmo para o trio parada dura, apenas um lider teria acesso ao sexto andar para bem, fazer essas merdas na Clock, logo, tem alguém envolvido, eu chutaria o Borislav, mas sabe quando a desconfiança é obvia demais? Eu não duvido que ele já esteja devidamente morto em um desses quartos, logo, resta apenas Lazarus, já que ele meio que está acima de qualquer suspeita, tipo eu com a ONU e a OTAN, caramba a quatro, entende? -Daquele modo ele falava mais morno, sequer falava palavrão direito, era como se... Não precisa-se ficar atuando tanto, podia relaxar um pouco na própria interpretação.


Last edited by Houko Choi on Mon Jul 10, 2017 1:35 am; edited 1 time in total
avatar
Houko Choi
Gwyn-llys
Gwyn-llys

Posts : 502
Join date : 2017-01-07

Ficha
Hp:
160/160  (160/160)
St:
0/0  (0/0)
MC:
1820/1820  (1820/1820)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Sig Drakain on Mon Jul 10, 2017 1:31 am

Quando as luzes se apagaram, Sig apenas olhou brevemente para cima antes de voltar o olhar para onde Houko estaria, seus olhos purpuras retornando a brilhar sutilmente e acabou escutando tudo que ele dizia. Mas... Quando o cientista terminou, se permitiu uma risada sutil.

- Basicamente, você quer saber se eu sei quem é o culpado. - Cruzou os braços. - O correto seria os culpados. Foram duas pessoas que agiram com violência, enquanto outros permitiram que tudo isso acontecesse. A questão é qual é seu foco de investigação, pois quem atacou Carmen é outra pessoa de quem atacou Wan Tai. Inclusive as motivações deles são diferentes, mesmo que todos estejam trabalhando juntos pela mesma causa. Além do mais... Quem mandou aquela mensagem, ele quer apenas um culpado, ou seja, não vai dar para entregar ambos. Mas, se quer uma dica...

Os olhos dela se fecharam.

- Os lideres são os unicos com o acesso ao sexto andar, mas... Onde está o crachá da Carmen? - Os olhos se abriram de volta, uma seriedade tomou sua voz. - Todos os crachás, quando são usados, deixam um registro de uso na central eletrônica, ou seja... Não precisa, necessariamente, ser um líder para ter acesso ao sexto andar, apenas ter o conhecimento de um.
avatar
Sig Drakain

Posts : 62
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
150/150  (150/150)
St:
4/4  (4/4)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Houko Choi on Mon Jul 10, 2017 1:52 am

*Houko ficou pensativo sobre aquilo, pessoas diferentes? Bem, Owen e Ignis eram uma dupla afinal, então poderiam ser os dois, mas pelo o que Sig dizia, não seriam eles, todavia, começou a pensar mais a fundo sobre aquilo do cracha*


-Talvez ela tenha perdido o cracha enquanto enfrentava Blaze e o deixou para trás em seu quarto antigo sem perceber, mas, mesmo assim, eu mesmo só sei que aconteceu isso porque ele mesmo me disse por mensagem, então foi no quarto atual, ele estava revirado, mas não pareceu que Carmen lutou direito já que tudo estava apenas revirado, não destruído, então... Alguém entrou no quarto e revirou tudo, mas como entrou sem o crachá? Afinal, ele estaria entrando para procurar, a não ser que ele seja alguém que Carmen não atacaria, mas evitaria contato, não ha sinais de luta porque não houve, ela deve ter vacilado e assim foi pega, mas nisso ela teria visto quem fez aquilo com ela, e parece que ela não viu... Ou talvez tenha visto, só não pode contar quem foi por algum motivo, mas quem ela iria proteger? Eu imagino ela fazendo isso apenas se a vida de alguém estivesse risco, a vida de alguém que ela ama, Seiryuu não é o caso, talvez Brandon, mas do jeito que ele é boca aberta ele já deve ter contado o segredo para ela, ela sabe que ele não pode morrer e se acontecer ele volta, então quem? Seiryuu não pode ser, outro? -Ficou pensando naquilo com os braços cruzados e mão no queixo, ficava esfregando ali.


-Talvez a bagunça no quarto tenha sido forçada e Carmen cedeu o cracha por vontade própria, ela saiu junto ao Seiryuu do quarto antigo e ainda era de dia, mas ela foi encontrada de pijamas, então ela mesma se dispos a ir dormir, logo dentro do quarto, consequentemente não haveria como alguém entrar pela porta estar trancada, então ou ela abriu, ou quem fez aquilo assim como Blaze consegue entrar nos lugares em uso da porta, mas ela não revidou o ataque, não havia sinais, apenas uma bagunça enorme digno de um homem solteiro que mora sozinho, então, alguma coisa está faltando... -Começou a sentir certo peso na consciencia, foi realmente boa ideia deixar Seiryuu sozinho com Carmen?


-Se eu saber onde fica mais ou menos isso talvez eu possa hackear e ver os Pontos batidos com o cracha da Carmen, assim eu consigo saber mais ou menos quando ela entrou e saiu do quarto, mas se foi um metodo similar ao de Blaze, não vou ver o criminoso entrando, apenas levando ela do quarto, mas se ele tem mais de um neuronio no cerebro ele ja deve ter ferrado cameras e registros de audio assim como eu fiz agora, hm... -Não podia ser o Seiryuu, podia? Ele mentiria para ele? Não, existe um respeito mutuo, quase uma idolatria do outro para consigo, foi ele que registrou o cracha da Carmen no novo quarto e a deixou lá e depois foi ver Stella, certo? Então nesse meio tempo, nessas horas.

-Quem diabo iria ao quarto da Carmen? Esperaram apenas o Seiryuu sair de cena? Se sim, então eles já sabem do que ele é capaz e com certeza usaram alguma chantagem com Carmen, porque não é possivel, ela conseguiu lidar com o Blaze por tempo até demais, e olha que é muito mais forte do que o que já é considerado forte, então... Maldição. -Se recusava a acreditar que Seiryuu era o motivo da chantagem sobre Carmen, feito que a fez não reagir direito ao ataque que recebeu e a fez perder os olhos, então o que diabos era?


-Aff! -Levou as mãos ao topo da cabeça e começou a bagunçar mais os próprios cabelos com devida força.

-Mas que droga! -Ta, ok, respira, confia que a Perenelle á deu o toque para o pessoal buscar quarto a quarto, ta, mas e se eles estiverem trancados? Ele parecer ser o unico que pode abrir, que beleza hein?


-Por que não ponhem logo o planeta inteiro nas minhas costas? Tudo é eu nessa caceta! -Frustrado, tirou as mãos da cabeça e tornou a suspirar pesadamente com certa raiva, algo bem sutil dada sua frustração. 
avatar
Houko Choi
Gwyn-llys
Gwyn-llys

Posts : 502
Join date : 2017-01-07

Ficha
Hp:
160/160  (160/160)
St:
0/0  (0/0)
MC:
1820/1820  (1820/1820)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Sig Drakain on Mon Jul 10, 2017 7:49 am

Com um olhar um tanto divertido, observou conforme Houko se torturava e tentava buscar uma resposta acerca do caso Carmen e Wan Tai. Até que por fim, com aquela frustração, levou a mão até a boca e riu sutilmente, se aproximando por fim para colocar a mão no ombro do rapaz.

- Nessa instalação existem três tipos de crachás: o dos lideres, o dos seguranças e o dos convidados. O dos lideres garantem acesso total aos andares e uso de protocolos secretos, o dos seguranças acesso do andar 1 até o 4, e o dos convidados acesso somente ao que for liberado manualmente, sendo que só podem ter acesso do 1 ao 3. Em outras palavras: não precisa ser somente o crachá da Carmen para abrir a porta dela. - As luzes começaram a piscar, indicando que o tempo estava acabando. -... Eu não conheço muito bem acerca do que o pessoal está  planejando agora, pois... Eu sai do refeitorio quando Wan Tai chegou. Então diria se quer acompanhar as coisas, deveria ir para lá.

Apertou sutilmente o ombro do Houko. Pensou em agradecer pela sua confiança mas... Não. Aquilo não era sobre eles, e no momento haviam coisas muito mais importantes do que isso. Tirou a mão do ombro do rapaz e retornou a observa-lo calmamente.

- Mas, mesmo se acabarem culpando a Carmen, eles não podem matá-la. Se fizerem isso eles vão perder o jogo. O objetivo é apenas tirá-la do caminho e a humilhar ainda mais. - Fechou os olhos, soltando um suspiro. -... Diga para mandarem os falecidos para mim. Eu executarei as autopsias para dar mais detalhes sobre os metodos... Falando nisso... Um dos olhos da Carmen está desaparecido, não é? Na sala havia somente um na mesa... Isso é minha dica sobre quem é o culpado da tortura dela.
avatar
Sig Drakain

Posts : 62
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
150/150  (150/150)
St:
4/4  (4/4)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Houko Choi on Mon Jul 10, 2017 9:53 pm

*Agora calculando melhor as probabilidades e se acalmando para não tornar seus pensamentos vãos e um tanto confusos, Houko prestava atenção no que Sig dizia, bem, bem, aquele androgeno sabia mais do que deveria não é mesmo?*


"-Sabe dos crachas, já mencionou possiveis falecidos sendo que ninguém sabe se existem mais vitimas, tudo bem, ele citou no minimo 20 naquele anuncio, mas nem todo mundo precisa estar morto, e ele parece que sabe o objetivo dos criminosos, quantos são e..." -Voltou o olhar para Sig e estreitou o olhar, mantinha seus pensamentos em ordem e sua desconfiança em oculto, todavia, isso era inefetivo contra o mesmo pelo visto.

"-Ninguém investigou a mesa e viu o olho da Carmen, e Sig estava operando Wan Tai, então como ela sabe se ninguém sequer levou?... Essa maldita ta brincando comigo." -Fechou os olhos e pensou um pouco e mesmo sem ver ele podia "sentir" a oscilação da luz, faltava pouco tempo até seu hackeamento terminar, bem, como já esperado.


-Olha Sig, aproveitando o tempo que resta eu preciso te contar algo. -Sua desconfiança agora era demais então provavelmente iria deixar aquele andrógeno para trás, porém, precisava esclarecer algumas coisas antes, provavelmente não teria a mesma chance depois.


-A cerca de 800 anos atrás, eu era um samurai pertence a um clã chamado Magatsu que nada mais era do que uma divisão de um clã maior chamado Mikoto, os Mikoto eram um só com os Magatsu e todos seguiam os ensinamentos do Shinbutsu-Shugo que pode ser vulgarmente chamado de Shinbutsu-Konko, enfim, um sincretismo do Budismo e do Xintoismo, logo, basicamente, todos seguiam os ensinamentos de Izanagi no Mikoto como deus soberano e tudo mais, todavia, existiam aqueles que não o viam como alguém tão bom e poderoso assim já que ele apenas amou Izanami por sua beleza e destroçou seu próprio filho  ainda bebe, Kagutsuchi, por ele ter matado Izanami por acidente ao nascer, logo, Izanagi não era de todo o bom, consequentemente, ele não podia ser de todo poderoso, e com esse pensamento o clã Mikoto ganhou uma ramificação, nós, os Magatsu. -Abriu os olhos e voltou o olhar para cima fiscalizando as luzes para se localizar no quanto tempo ainda tinha.


-Nós, os Magatsu, acreditamos que Izanami é a verdadeira deusa maior e soberana devido a morte não distinguir pessoas por suas honras, beleza, fortuna e todas as demais coisas, a morte leva todos igualmente para viverem junto a si nas profundezas, porém, ela é justa, aqueles que não fizeram por merecer devem buscar sua redenção de outras formas, como aparições, onis, akumas, youkais, mas, existe algo em si que serve diretamente a Izanami, aqueles que tomaram sua propria vida devido o sofrimento que Izanagi permite permear na terra, aqueles que tomam a propria vida, os suicidas, estes buscam redenção abaixo do véu da deusa e eles são chamados de Shinigamis e o maior entre eles, seu lider, se chama Maka. -Mantendo o olhar alto ele era tomado por nostalgia e sensações confusas, algo entre tristeza, alivio, era meio dificil de ler, de se entender, mas era assim que ele estava se sentindo.


-Os shinigamis tem como dever ceifar as almas para que elas não permaneçam em terra atoa, logo, são eles que levam as almas para o julgo de Izanami que decide quem se tornaram onis, akumas, youkais, aparições ou até mesmo novos Shinigamis, mas e Maka? Ele não é escolhido por Izanami também? Não, esse cargo é obtido por merito e por muito tempo esse merito não foi de ninguém porque ele exige que um shinigami ceife dez mil almas em um unico dia, dez mil em 24 horas, um feito quase impossivel mesmo para um shinigami, porém, a seculos atrás um shinigami conseguiu se tornar Maka, ele conseguiu ceifar dez mil almas em uma guerra, na verdade, mais do que isso... -O sorriu se abriu um tanto sombrio e com ele veio a risada que soou um tanto maliciosa.


-Ele ceifou 140 mil almas e assim se tornou Maka, definitivamente, e com isso ele foi exaltado por seus irmãos e temido por seus inimigos, o escolhido de Hachiman, o vento divino, Kamikaze! E sim, ele tinha um nome, ele se chamava Houko Magatsu, sim Sig... -Tombou a cabeça e olhou para o androngeno com o sorriso aberto parecendo estar feliz com aquilo.


-Eu sou Maka... Ou era. -Voltou o olhar para frente e se afastou do outro caminhando devagar mantendo uma de suas mãos no bolso, ficava de costas para Sig.


-Pulando parte da historia porque eu realmente não me lembro após certo incidente, eu tinha uma familia naquela epoca e essa familia foi crescendo e com isso obviamente as gerações foram passando, crescendo, se desenvolvendo, e a cada nova geração, a cada novo pai que contava a historia do lider para o filho, a vontade de ter Maka de volta sempre se manteve viva, pois então aconteceu, a 3 anos atrás quando eu chamei atenção demais em Camlann, eles me encontraram, ou melhor, ele, meu tataraseilaoque neto e agora ele está comigo em sua missão em me fazer voltar a ser Maka, o maior shinigami de todos, genocida, mas, sabe... Você consegue olhar para mim e ver alguém que teve a capacidade de matar 140 mil pessoas em um único dia? Sabe, eu não sei, eu devo admitir que eu não me lembro disso, muita coisa em minha mente ainda é confusa e eu preciso remontar tudo como um quebra-cabeças, mas o que tudo indica, sim, no passado eu fui mais que um assassino, e pode não parecer, mas nós nos chamamos assim, de Shinigamis, mas nós não morremos no literal como no mito, nós damos nossa vida a Izanami em crença e assim renascemos como Shinigamis, algo voltado a fé, entende? Então poise, somos humanos, embora ninguém do clã se considere devido Shinigamis serem outro patamar, de qualquer forma, eu fiz isso sozinho, seculos atrás, mas eu não me lembro e esse meu descendente quer me fazer lembrar, voltar a ser o que eu era, mas sabe, por mais que eu tenha esquecido boa parte desse meu passado ancestral, existe algo que se mantem na minha mente, vários na verdade, mas enfim, Sig, não, Aimee... -Moveu o rosto sobre o ombro e encarou aquele moreno atrás de si mantendo agora um sorriso aberto, morno e humilde.


-Você é uma das melhores coisas que me aconteceu, suas brigas, pucuinhas, seus choros e ofensas, tudo isso foi me tornando mais humano, mais distante de Maka, porém, isso foi me deixando mais vulnerável e cá estamos, Aimee, a magia de encarnação me faz me manter vivo seguindo em corpo em corpo preservando minha mente enquanto me fundo a nova do meu avatar atual, com isso, eu vou me perdendo cada vez mais, então a cada ciclo, eu provavelmente vou me esquecer de muitas coisas, mas de você, dos meus filhos, porque vocês são tudo o que tenho de mais precioso, mas... Nesse lugar, sem acesso a magia e com um corpo tão frágil eu não vou poder encarnar, ao menos eu acredito nisso, então é, eu a partir de agora vou trabalhar sozinho para sairmos daqui porque como sabe eu sempre fui assim, de fazer tudo sozinho e isso não vai mudar agora, então caso meu jeito de ser enxerido demais me faça perder essa vida e nunca mais voltar, eu quero que você saiba que por mais que você tenha sido uma cuzona comigo depois do seu trauma, mas uma cuzona mesmo, eu ainda amo você e amaldiçoo Brandon por te-la trocado tão rápido, em menos de um ano, desculpe, ele é meu sobrinho e tudo mais, mas com o tempo ele se torna cada vez mais parecido com o Lucian, e sabe... -Fechou os olhos e sorriu com mais animo, parecia até reluzir. 


-Eu odeio o Lucian! -Acabou rindo e voltou seu olhar para frente começando a sair dali com sua mão no bolso do casaco, dali iria começar a trabalhar em sua investigação solitária. 


-Poise! Eu não sei ainda quem realmente sou, se mesmo se eu sair vivo daqui quando eu voltar ao meu corpo original eu mude totalmente, então é isso, eu quero que hoje essa seja sua ultima memoria de mim, de um garoto retardado que se declarou de forma merda para depois ir fazer merda, mas, eu quero que você grave o meu sorriso, porque se eu morrer eu não volto, e se eu viver provavelmente eu voltarei ao meu corpo original, então provavelmente eu voltarei a ser Maka, então, é isso! Vou mandar uma mensagem para Sasami repassar todos meus bens, ideias e projetos para você, você vai saber dar continuidade a tudo não é mesmo? Me viu trabalhando tantas vezes não é mesmo? O Mundo precisa de uma face Aimee e atualmente a face dele é a minha, sem mascara, de cara limpa, então depois daqui, o mundo terá a sua face! O Mundo precisa de uma mente brilhante de belos olhos, magra, de jaleco, cabelos negros, oculos e carisma! Só te falta o carisma e esse shortinho ai... Sei não, mas enfim, você consegue, só ter em mente que sempre que uma coisa explodir, faça pose! E sempre tenha um plano de fuga em mente, para tudo! Até para sair pelado do chuveiro! Tudo mesmo! Meter o louco hoje, meter o louco amanhã, meter o louco sempre, você sempre será inocente até que se prove o contrário! Você não pode cair, tem um Mundo inteiro dependendo de você, de suas ideias e passos, então não se permita parar jamais! Não perca o foco! Tenha tudo isso em mente que com certeza você se dará bem, e não, você não precisa ser o novo Houko Choi, você deve ser o novo Sig Drakain já que por mais que você siga meus passos, no final o rastro acaba e você terá que dar os passos rumo a direção que quiser, e acredite, na atualidade o Mundo seguirá esses passos, então busque dar passos firmes, rumo ao amanhã, digo e repito, o Mundo precisa disso e isso tende a piorar no futuro, então é, caso eu morra, você já sabe, caso não, eu apago sua memoria com um neuralizador! Bem, é isso, já falei demais e o tempo ta acabando, hasta la vista baby! -Acenou e então saiu correndo dali dando risada como o digno maluco que sempre foi, só que dessa vez sem mascara e sem parecer um velhote, agora parecia um adolescente pirado. 
avatar
Houko Choi
Gwyn-llys
Gwyn-llys

Posts : 502
Join date : 2017-01-07

Ficha
Hp:
160/160  (160/160)
St:
0/0  (0/0)
MC:
1820/1820  (1820/1820)

Back to top Go down

Re: Pátio Principal

Post by Sig Drakain on Mon Jul 10, 2017 10:08 pm

Podia ver de volta toda aquelas vibrações e sentimentos de desconfiança, mas, não ficou surpresa. Na realidade, já havia aceito aquilo. Permaneceu em silencio observando aquele gênio louco enquanto ele falava com uma expressão distante e fria, até que ele veio a tocar no seu nome verdadeiro. Arregalou sutilmente os olhos, ainda mais por toda aquela declaração, tudo aquilo...

-... Honestamente... - Essas palavras foram ditas depois que Houko saiu correndo antes de lhe dar uma oportunidade de responder, junto com um sutil sorriso nos lábios. -... 

Fechou os olhos e deixou um sutil suspiro escapar. A luz retornou ao normal e Sig voltou a caminhar, indo em direção ao refeitório para pegar mantimentos.
avatar
Sig Drakain

Posts : 62
Join date : 2017-01-06

Ficha
Hp:
150/150  (150/150)
St:
4/4  (4/4)
MC:
100/300  (100/300)

Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top


 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum